https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

Bolsonaro ironiza condenação pelo 7 de Setembro e diz que Alexandre de Moraes quer alij√°-lo da pol√≠tica

Por REDAÇÃO em 06/11/2023 às 08:38:32
Bolsonaro abordou o tema enquanto se referia à segunda condenação sofrida na Justiça Eleitoral. Foto: Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro abordou o tema enquanto se referia à segunda condenação sofrida na Justiça Eleitoral. Foto: Marcos Corrêa/PR

Depois de sofrer mais um revés no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última semana, o ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes tem a intenção de alij√°-lo da política e que, por enquanto, o magistrado est√° sendo vitorioso. As declarações foram dadas na última sexta-feira (3), durante conversa com jornalistas em Santos (SP).

Bolsonaro abordou o tema enquanto se referia à segunda condenação sofrida na Justiça Eleitoral por abuso político nas eleições do ano passado. Desta vez, Bolsonaro e o general Walter Braga Netto (então candidato a vice-presidente) foram punidos por utilizar a cerimônia do Bicenten√°rio da Independ√™ncia, em 7 de Setembro de 2022, para se beneficiar politicamente.

"A gente est√° vendo qual a estratégia nossa [para recorrer ao TSE], se bem que não tem estratégia. Estratégia é o que o Alexandre de Moraes quer. E a gente sabe o que ele quer. É me alijar da política", declarou.

"No momento, ele [Moraes] est√° tendo vitória, mas tudo nessa vida é din√Ęmico".

Alexandre de Moraes, além de ministro do Supremo, é também presidente da Corte Eleitoral. O magistrado também conduz inquéritos que miram diretamente Bolsonaro e seus aliados mais próximos em apurações que vão desde um suposto desvio de presentes oficiais, à utilização da Presid√™ncia para estimular atos antidemocr√°ticos.

Questionado sobre a decisão mais recente do TSE, Bolsonaro ironizou a condenação. "Realmente, o Alexandre de Moraes ficou apavorado com milhares de pessoas do Brasil todo nas ruas [no 7 de Setembro]", afirmou o ex-presidente, que ainda continuou a criticar o magistrado.

"Ele, inclusive, debocha. Um juiz não pode agir dessa maneira".

Nova condenação

Bolsonaro j√° estava inelegível até 2030 por atacar as urnas eletrônicas. Os direitos políticos do ex-presidente estão suspensos pelo período de oito anos. Portanto, a nova condenação imposta pelo TSE não altera seu futuro político. Além da inelegibilidade, os ministros também determinaram a aplicação de multa no valor de R$ 425 mil. Por lei, as condenações deste tipo não são cumulativas.

Deste modo, com a decretação de inelegibilidade, não h√° soma dos dois prazos, e Bolsonaro permanecer√° longe das urnas pelo mesmo período j√° estabelecido. O ex-presidente foi condenado por abuso de poder político, abuso de poder econômico e conduta vedada nas comemorações do dia 7 de setembro do ano passado, no evento de celebração do Bicenten√°rio da Independ√™ncia. Os ministros concluíram que o ex-presidente usou a data cívica para fazer campanha.

O SUL

Comunicar erro
SICREDI

Coment√°rios

CERTAJA 3