CERTAJA CLARA
apoiosicredi

Sicredi destaca o crescimento do segmento no Dia Internacional das Cooperativas de Crédito

Com o mote de "Construindo Sa√ļde Financeira para um Futuro Melhor", a data busca valorizar o papel das cooperativas no apoio à sociedade

Por Jorge Ramos em 21/10/2021 às 13:55:14
Foto divulgação: Sicredi

Foto divulgação: Sicredi

O Dia Internacional das Cooperativas de Crédito (DICC), celebrado anualmente na terceira quinta-feira de outubro, foi comemorado neste ano no dia 21. A data destaca a contribui√ß√£o e as transforma√ß√Ķes positivas geradas pelo segmento na sociedade. Como a primeira institui√ß√£o financeira cooperativa do Brasil, o Sicredi também aproveita a data para disseminar conhecimento sobre o modelo de negócio cooperativo, abordando seu crescimento e atua√ß√£o, que hoje compreende 25 estados e o Distrito Federal com mais de 5 milh√Ķes de associados.

O crescimento das cooperativas de crédito tem sido evidenciado pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (World Council of Credit Unions – Woccu, na sigla em ingl√™s). Os registros mais recentes contemplam que o segmento conta com mais de 375 milh√Ķes de associados e 86 mil cooperativas de créditos em 118 pa√≠ses. A taxa de penetra√ß√£o do segmento – que é calculada dividindo o n√ļmero total de membros de cooperativas de crédito pela popula√ß√£o em idade economicamente ativa de 15 a 64 anos – é de 12,18% no mundo, 16,47 % na América Latina e 8,13% no Brasil. J√° nos Estados Unidos e Canad√°, essa taxa apresenta 58,6% e 42,2% respectivamente.

No Brasil s√£o 11,9 milh√Ķes de associados (sendo 10,2 milh√Ķes pessoas f√≠sicas e 1,7 milh√£o pessoas jur√≠dicas) em 847 cooperativas, que somam cerca de 371,8 bilh√Ķes em ativos totais, segundo Panorama do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC) 2020. Esses dados representam um crescimento no n√ļmero de associados, com aumento total de 9,4% em rela√ß√£o a 2019 e um salto de 42,1% se comparado h√° cinco anos, em 2016.

Parte integrante do Sistema Sicredi, a Sicredi Ouro Branco conta atualmente com mais de 72 mil associados em 21 munic√≠pios dos Vales do Ca√≠ e Taquari. A institui√ß√£o est√° presente em todas os munic√≠pios da sua √°rea de atua√ß√£o com 23 ag√™ncias, impulsionando o desenvolvimento da regi√£o em que atua através do apoio às comunidades e incentivo a educa√ß√£o, cultura e esporte, construindo sociedades mais prósperas.

Foto divulgação: Sicredi

Benef√≠cios econômicos gerados pelo cooperativismo

O crescimento do modelo cooperativo no Brasil traz benef√≠cios econômicos importantes, que foram demonstrados pelo estudo chamado "Os benef√≠cios econômicos do Cooperativismo de Crédito", realizado pela Funda√ß√£o Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Este estudo analisou dados econômicos de todas as cidades brasileiras com e sem cooperativas de crédito entre 1994 e 2017 e cruzou informa√ß√Ķes do Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE). O trabalho concluiu que o cooperativismo de crédito incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos munic√≠pios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o n√ļmero de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando, portanto, o empreendedorismo local.

História do cooperativismo de crédito no mundo e no Brasil

O Cooperativismo de crédito aparece na década de 1850, na Alemanha com modelos voltados para o crédito nas cidades, sendo que, uma década mais tarde, foram fundadas as primeiras cooperativas de crédito rural, também na Alemanha. Após grande expans√£o em toda Europa, especialmente nas cidades pequenas, o cooperativismo de crédito chega na América do Norte em 1901, mais especificamente em Québec no Canad√°, onde é criada a primeira Cooperativa de crédito num modelo misto dos sistemas da Alemanha (Raiffeisen) e da It√°lia (Luzzati), com a caracter√≠stica de caixas populares abertas para todas pessoas, conhecido como sistema "Desjardins", nome originado de seu precursor Alfhonse Desjardins. Em 1908 esse modelo seguiu sua expans√£o para os Estados Unidos, sempre com o apoio de Desjardins.

No Brasil, a primeira cooperativa de crédito surge em 1902, quando o Padre Su√≠√ßo Theodor Amstad funda em Nova Petrópolis, baseado no modelo da Alemanha (crédito agr√≠cola), a cooperativa que foi refer√™ncia para a cria√ß√£o de mais 41 cooperativas no Rio Grande do Sul, hoje a Sicredi Pioneira, que continua sendo a grande refer√™ncia do cooperativismo de crédito no Brasil nos dias atuais.



Comunicar erro
SICREDI2
CLARA TABAI CENTER

Coment√°rios

M. VALE-PEDRO-BRILHO
BARBA/BRILHO
SICREDI3