Primeira Infância Melhor lança site adaptado às novas realidades do programa

Por Jorge Ramos em 09/06/2021 às 07:36:22
Visitas às famílias são semanais - Foto: Equipe Municipal do PIM Parobé / Divulgação

Visitas às famílias são semanais - Foto: Equipe Municipal do PIM Parobé / Divulgação

Está no ar o novo site do programa estadual Primeira Infância Melhor (PIM) – https://www.pim.saude.rs.gov.br/site. A atualização foi necessária para adequá-lo à realidade da pandemia. O programa precisou se reinventar para seguir atendendo às mais de 57 mil crianças cadastradas em 229 municípios gaúchos.

O PIM é uma política pública que atende famílias com gestantes e com crianças de até seis anos e é baseado em visitas presenciais às famílias todas as semanas. Com a necessidade de distanciamento social e de manter a segurança de todos, os visitadores do PIM precisaram rever a frequência de visitas às casas das crianças, e, mantendo o contato semanal, passaram a propor atividades à distância, seja por meio de telefonemas, videochamadas ou conversas escritas.

"Procuramos não deixar de prestar apoio a nenhuma família durante a pandemia, mesmo àquelas que não tem nenhum acesso à internet. Mas foi um desafio rever toda a metodologia do programa", explica a coordenadora estadual do Primeira Infância Melhor, Gisele Mariuse da Silva.

"Hoje fazemos um atendimento híbrido, baseado em um plano singular de atendimento, que se molda às necessidades de cada criança ou gestante", acrescenta. O PIM tem objetivo de fortalecer competências de cuidado e de vínculos afetivos seguros entre pais e cuidadores e as crianças; promover o desenvolvimento infantil integral nestes primeiros anos de vida; e melhorar o acesso das famílias aos serviços públicos de saúde, educação e assistência social.

No ar desde o dia 2 de junho, o novo site, de acordo com Gisele, está mais moderno, intuitivo e acessível, além de trazer novos conteúdos, como toda a base teórica que fundamenta o programa, explicação de conceitos acadêmicos, exposição de estudos e pesquisas sobre o PIM. Também apresenta novo layout e está responsivo, ou seja, as páginas se adaptam a qualquer dispositivo onde esteja seja acessado (celular, tablet ou computador).

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Comunicar erro
JORNAL TABAIENSE

Comentários

M. VALE-PEDRO-BRILHO
BARBA/BRILHO