https://jornalinformativotabaiense.com

Onda de frio continua no RS: dias ainda mais gelados estão por vir

Por REDAÇÃO em 07/07/2024 às 06:06:45
Foto divulgação: Jorge Ramos

Foto divulgação: Jorge Ramos

O frio que se instalou no Rio Grande do Sul com força desde o final do mês passado tende a se prolongar por mais duas semanas. Mesmo com temperaturas abaixo de zero em diversas cidades (incluindo -7,3ºC em Pinheiro Machado na madrugada desse sábado, recorde estadual nos últimos anos), dias mais gelados estão por vir, prevê a empresa Metsul Meteorologia.

"A chamada "Oscilação Antártica" desde o fim de junho tem favorecido sucessivas incursões detalha um texto publicado no site metsul.com.

Entre 29 de junho e 5 de julho, a temperatura mínima média na estação convencional de Bagé ficou em 4,7ºC. A mínima média histórica de julho no município da Região da Campanha é de 8,1ºC. No mesmo período, a temperatura mínima média na estação convencional do Jardim Botânico (Zona Leste) de Porto Alegre foi de 7,8ºC, muito abaixo da média mínima histórica de julho no local (10,4ºC).

Nos mesmos sete dias, a mínima média na estação convencional de Caxias do Sul do Instituto Nacional de Meteorologia foi de 6,7ºC, quando a média mínima de julho na cidade da Serra Gaúcha é de 8,8ºC. Além das mínimas baixas, as máximas nestes últimos dias também têm estado abaixo da média com várias tardes em que a temperatura não passou ou mal superou os 10ºC em diversas cidades gaúchas.

"De renguear cusco"

Os gaúchos terão que enfrentar ainda muitos dias gelados pela frente neste mês, forte candidato a um dos julhos mais frios no Rio Grande do Sul na história recente, tamanho o número de dias de temperatura baixa a muito baixa. Vai de ser "de renguear cusco", como diz a expressão popular gauchesca.

Nos próximos dias, o ar frio deve avançar a outras áreas do Brasil e invadir até a região amazônica. A longa sequência de dias gelados será causada por novos e sucessivos pulsos de ar polar – três chegando ao Rio Grande do Sul em uma semana.

O primeiro chegou neste fim de semana, ao passo que o segundo avançará pelo território gaúcho na segunda-feira. Já entre os dias 12 e 14, um terceiro pulso chegará com potencial para ser o mais intenso de todos, resultando em temperaturas que podem atingir valores excepcionalmente baixos em várias localidades. Há modelos indicando marcas tão baixas quanto -8ºC e -10ºC em áreas de maior altitude da Região Sul do Brasil.

(Marcello Campos) - O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários