https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

RS investir├í R$ 16,3 milhões para serviços de sa├║de após chuvas

O governo do Rio Grande do Sul anunciou, nesta terça-feira (4) investimentos que somam R$ 16,3 milhões para ├írea de sa├║de, após os temporais que afetaram a população ga├║cha, desde o fim de abril.

Por REDAÇÃO em 05/06/2024 às 08:15:03

O governo do Rio Grande do Sul anunciou, nesta terça-feira (4) investimentos que somam R$ 16,3 milhões para ├írea de sa├║de, após os temporais que afetaram a população ga├║cha, desde o fim de abril. O an├║ncio foi feito pelo governador Eduardo Leite, no Centro Administrativo de Conting├¬ncia (CAC), em Porto Alegre (RS).

Do total, serão R$ 15,3 milhões de repasses extraordin├írios para a aquisição de equipamentos para restabelecimentos de serviços e retomada dos atendimentos. Parte do valor ser├í destinado a estabelecimentos de sa├║de municipais, exceto hospitais, localizados em munic├şpios em estado de calamidade p├║blica. Dos 95 munic├şpios nesta situação, 54 j├í registraram danos de equipamentos e mobili├írio.

"A ideia é dar condições para que essas unidades b├ísicas, estabelecimentos de sa├║de diversos, porque tivemos Caps [Centros de Atenção Psicossocial], farm├ícias, UPAs [Unidade de Pronto Atendimento] e outros estabelecimentos que também perderam equipamentos. Então, dos 54 que relataram danos nos equipamentos, o munic├şpio elege a sua prioridade", explicou secret├íria estadual da Sa├║de, Arita Bergmann.

O governador explicou que os valores variam de R$ 100 mil a R$ 400 mil, aos munic├şpios conforme a população local, a partir de 10 mil habitantes, mas que o estado est├í atento a casos em que as perdas foram maiores, como dos munic├şpios de Canoas, Porto Alegre, Eldorado do Sul e São Leopoldo.

"Nossa secretaria de sa├║de est├í em contato com esses prefeitos para vermos repasses ainda mais extraordin├írios a esses munic├şpios, ajudando também adquirir os equipamentos necess├írios a suas unidades de sa├║de, especialmente, aquelas que t├¬m capacidade de retornar rapidamente ao funcionamento, ou seja, aquelas unidades em que o prédio não tenha se perdido", priorizou o governador, para destinação dos repasses estaduais.

Câmaras de refrigeração

Para garantir segurança na conservação de vacinas e medicamentos, o governo do estado vai disponibilizar 100 câmaras de refrigeração para 47 munic├şpios em calamidade ou estado de emerg├¬ncia que tenham registrado perda total do equipamento. Do total, 92 câmaras frias são para entrega imediata. O custo estimado é de R$ 1 milhão.

A distribuição ser├í feita conforme a população do munic├şpio, podendo variar de uma até seis unidades por localidade. Por exemplo, para cidades com até 10 mil habitantes, ser├í enviada uma câmara de conservação. J├í aqueles com mais de 100 mil pessoas, terão seis equipamentos.

Tendas

Uma cooperação com o Serviço Social da Ind├║stria (Sesi) fornecer├í 24 unidades móveis e 80 tendas para manter o atendimento da atenção prim├íria à sa├║de, que são ações de promoção e a proteção da sa├║de, prevenção de agravos, além de diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos e manutenção da sa├║de.

Antecipação do 13┬║ sal├írio

Por fim, o governador Eduardo Leite também anunciou a antecipação da metade do 13┬║ sal├írio dos servidores p├║blicos estaduais para sexta-feira (7). A medida visa auxiliar servidores afetados de alguma forma pela enchente. "É uma forma de dar condição àqueles que foram mais atingidos, seja por terem resid├¬ncia atingidas, por ajudar familiares e amigos que tenham sido atingidos, acolhendo e se mobilizando, em favor dessas pessoas. Essa antecipação de parcela do 13┬║ sal├írio busca dar mais fôlego aos nossos servidores, a seus familiares e às comunidades que foram atingidas", apontou Eduardo Leite.

Segundo o chefe estadual, a medida representa o incremento de R$ 1 bilhão na economia do Rio Grande do Sul.

O governo federal j├í repassou ao Rio Grande do Sul cerca de R$ 62,5 bilhões para socorrer a população atingida pelas enchentes. Parte desses recursos foram direcionados para a ├írea de sa├║de. O fortalecimento de ações emergenciais de sa├║de (montagem de 12 hospitais de campanha e envio de 135 kits emergenciais) recebeu R$ 282 milhões em investimentos. Também houve antecipação de parcelas do Piso Nacional de Enfermagem e mobilização de profissionais de sa├║de.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários

CERTAJA 3