https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

Grêmio goleia The Strongest por 4 a 0 e mantém vivo o sonho da classificação na Libertadores

Por REDAÇÃO em 30/05/2024 às 06:10:43
Com o resultado, o Tricolor assume a 2ª colocação do grupo C com 6 pontos. Foto: Divulgação/Grêmio

Com o resultado, o Tricolor assume a 2ª colocação do grupo C com 6 pontos. Foto: Divulgação/Grêmio

Após quase um mês sem disputar uma partida oficial em virtude das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, o Grêmio venceu por 4 a 0 o The Strongest-BOL, na noite dessa quarta-feira (29) no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), em jogo válido pela Copa Libertadores da América. Soteldo, João Pedro, Everton Galdino e Gustavo Nunes marcaram os gols da vitória.

O último jogo disputado pelo Tricolor foi um empate sem gols contra o Operário, do Paraná, no dia 30 de abril, pela Copa do Brasil. Antes da bola rolar em Curitiba, os alto-falantes tocavam músicas de artistas gaúchos. Nas arquibancadas, mais de 23 mil torcedores entoavam gritos de apoio ao clube e ao Estado. Eles estenderam duas faixas com os dizeres "que a união do Brasil pelo RS sirva de modelo à toda terra", em referência ao hino do Rio Grande do Sul. Três bandeirões subiram quando os times entraram em campo, um deles, com a bandeira em verde, vermelho e amarelo escrita #ForçaRS. O técnico Renato Portaluppi também saiu do vestiário com uma bandeira do Rio Grande do Sul.

A partida

O primeiro tempo foi agitado, com os visitantes assustando logo aos 5 minutos. O lateral Caire apareceu na grande área e escorou para Ursino, que bateu de canhota, à direita do gol assustando Marchesín. A resposta veio no minuto seguinte. A bola sobrou na intermediária para Cristaldo, que dominou e acertou belo chute, muito perto do ângulo esquerdo. Aos 7 minutos, o Grêmio voltou a levar perigo. Em confusão na grande área, a bola explodiu em Kannemann e quase encobriu Viscarra, que deu um tapa na bola, pela linha de fundo.

O time gaúcho pressionava os bolivianos e, embalado pela torcida, logo abriu o placar. Aos 14 minutos, Diego Costa ganhou da defesa e cruzou para Soteldo. O venezuelano, de canhota, colocou a bola no ângulo esquerdo do goleiro Viscarra. Com a vantagem no marcador, o Tricolor passava a ter o contra-ataque a seu favor, e explorava principalmente Diego Costa no espaço entre o zagueiro e o lateral adversário.

A segunda etapa foi em ritmo alucinante. Determinado a sair a conseguir os três pontos, o Grêmio logo ampliou o marcador aos 3 minutos. João Pedro, da entrada da área, chutou forte, no canto esquerdo do goleiro Viscarra. O Grêmio comandava as ações ofensivas e não deixava o time boliviano respirar. Com isso, o time gaúcho marcou o terceiro gol aos 22. Everton Galdino recuperou a posse de bola, puxou contra-ataque e chutou forte, no canto sem chances para o goleiro adversário. Aos 43, foi a vez da jovem promessa Gustavo Nunes transformar a vitória em goleada, ao finalizar boa jogada individual com um lindo chute no canto do goleiro.

Com o resultado, o Tricolor assume a 3ª colocação do grupo C com 6 pontos, atrás do líder The Strongest, que tem 10 e fez sua sexta e última partida na fase de grupos, e do Huachipato, que foi a 8 pontos e ocupa a vice-liderança. No outro jogo do grupo, os chilenos venceram o Estudiantes por 4 a 3, na Argentina. A equipe de La Plata é a lanterna, com apenas 4 pontos.

Por conta da paralisação forçada pelas enchentes no Rio Grande do Sul, o Grêmio ficou um mês sem entrar em campo e, por isso, tem apenas quatro confrontos. Estudiantes e Huachipato têm cinco, e o The Strongest não joga mais nesta fase.

Agora, o Grêmio recebe o RB Bragantino, em Curitiba, no sábado (1°), pelo Campeonato Brasileiro. Na sequência, a equipe comandada por Renato Gaúcho tem dois confrontos contra Huachipato e Estudiantes, pela Libertadores, no período da Data Fifa.

Ficha técnica

Escalação do Grêmio

Marchesín; João Pedro, Kannemann (Carballo), Rodrigo Ely e Reinaldo; Dodi, Pepê e Cristaldo (Du Queiroz); Galdino (Gustavo Nunes), Soteldo (Nathan Fernandes) e Diego Costa (JP Galvão). Técnico: Renato Portaluppi.

Escalação do The Strongest
Viscarra; Caire, Aimar, Jusino e Quaglio; Quiroga, Ursino, Ortega (Churra) e Amoroso (Enoumba); Ramallo (Bruno Miranda) e Triverio. Técnico: Ismael Rescalvo.

Arbitragem

Andrés Matonte, Carlos Barreiro, Horacio Ferreiro e Carlos Orbe.

O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários

CERTAJA 3