https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

Após mais de um século de rivalidade, colorados e gremistas resolvem se unir

Por REDAÇÃO em 22/05/2024 às 09:50:30
Antes mesmo do lançamento oficial, a iniciativa já viabilizou auxílios, em dinheiro e insumos, que somam R$ 28,4 milhões. Foto: Maurício Tonetto/Secom

Antes mesmo do lançamento oficial, a iniciativa já viabilizou auxílios, em dinheiro e insumos, que somam R$ 28,4 milhões. Foto: Maurício Tonetto/Secom

Conhecida por uma das maiores rivalidades do esporte brasileiro, a dupla Grenal deixou de lado as divergências futebolísticas e uniu suas cores e símbolos para ajudar as mais de 2 milhões de pessoas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Os dois clubes lançaram nessa terça-feira (21) a campanha Jogando Junto – Pela Reconstrução do RS, que busca estimular doações por parte de empresas para a reconstrução do Estado. O evento, que ocorreu no Centro Administrativo Contingencial (CAC), em Porto Alegre, contou com a presença do governador Eduardo Leite e dos presidentes dos dois clubes, Alberto Guerra (Grêmio) e Alessandro Barcellos (Inter).

Antes mesmo do lançamento oficial, a iniciativa já viabilizou auxílios, em dinheiro e insumos, que somam R$ 28,4 milhões.

Grêmio e Inter irão ceder espaços em suas propriedades comerciais para companhias que doem dinheiro, abram linhas de crédito, cedam materiais ou bonifiquem produtos para famílias e/ou pequenos comerciantes das regiões afetadas pelas enchentes.

Até o fim do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as empresas que aderirem ao projeto serão divulgadas nos uniformes e em propriedades digitais e físicas da dupla Grenal, a depender do montante da colaboração.

O grande símbolo da campanha é a cor roxa, resultado da junção do azul e do vermelho clássicos dos dois clubes, além da logomarca que simboliza um aperto de mãos entre os rivais em prol de quem mais precisa.

As empresas poderão utilizar os elementos do Jogando Junto nas embalagens de produtos e materiais que forem disponibilizados ao projeto, mostrando à população gaúcha que aquele item veio de uma marca parceira na reconstrução do Estado.

"A causa nesse momento é muito maior do que o futebol. Estamos falando de construir uma rede de parceiros e contribuir com a vida de milhares de Gaúchos, numa reconstrução que vai exigir um grande esforço coletivo", disse o presidente do Grêmio, Alberto Guerra.

"É hora de esquecermos o que nos diferencia e jogarmos juntos pela reconstrução do Rio Grande do Sul. Vamos trabalhar, fora de campo, para que possamos transformar a força da rivalidade Gre-Nal na reconstrução do Rio Grande do Sul", ressaltou o presidente do Inter, Alessandro Barcellos.

A dupla Grenal também irá disponibilizar as propriedades de mídia para patrocinadores de outros clubes que queiram aderir à campanha e participar da reconstrução do Rio Grande do Sul.

"O desastre atingiu a todos, mas emanou também um sentimento de coletividade, que deve ser transformado em uma alavanca de reconstrução rápida e efetiva. A rivalidade entre os dois times foi convertida em uma soma de esforços em favor da população. É um gesto exemplar e admirável que, tenho certeza, vai inspirar a todos", afirmou o governador Eduardo Leite.

A operacionalização dos donativos e produtos do Jogando Junto será feita pelas empresas participantes diretamente para iniciativas privadas e/ou públicas da sua escolha, garantindo maior transparência e agilidade.

A CUFA (Central única das Favelas), que faz um trabalho de auxílio às pessoas vulneráveis desde o início da catástrofe climática que assola o Estado, é a organização chancelada pela campanha para orquestrar doações de marcas que ainda não tenham escolhido uma iniciativa. Será também através do Pix da entidade que serão recebidas doações de pessoas físicas que queiram participar do projeto.

O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários

CERTAJA 3