https://jornalinformativotabaiense.com

Aux√≠lio Reconstrução: governo federal lança site para cadastro das fam√≠lias ga√ļchas atingidas pelas enchentes

Por REDAÇÃO em 21/05/2024 às 08:36:14
A estimativa é de que os primeiros pagamentos sejam feitos ainda neste mês Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

A estimativa é de que os primeiros pagamentos sejam feitos ainda neste mês Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

O governo federal lançou um site para as prefeituras do Rio Grande do Sul cadastrarem as famílias que receberão a parcela única do Auxílio Reconstrução no valor de R$ 5.100. Cada família poder√° usar o dinheiro para comprar itens perdidos durante as enchentes ou para reformar o imóvel onde mora ou trabalha.

O auxílio foi criado em MP (medida provisória) assinada pelo presidente Luiz In√°cio Lula da Silva na semana passada. "Esse apoio, que nós estamos chamando de Auxílio Reconstrução, de R$ 5.100, é para todas as pessoas que residem nas √°reas que foram inundadas, que perderam as suas coisas e, também, em localidades onde houve queda de barreiras, as pessoas que tiveram que sair de √°reas de risco, por conta de encostas", explicou o ministro da Secretaria Extraordin√°ria para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta.

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, destacou que uma das estratégias é manter relação direta com os municípios e atender as demandas dos afetados pelas enchentes.

"Coube-nos também, nesse atendimento à população gaúcha, gerenciar junto com a Caixa Econômica o Auxílio Reconstrução", disse. A estimativa é de que os primeiros pagamentos sejam feitos ainda neste m√™s, porém, depender√° da velocidade com que os dados forem enviados pelas prefeituras e confirmados pelas famílias. Por isso, quanto antes a prefeitura enviar os dados e as famílias confirmarem no sistema, mais r√°pido o dinheiro entra na conta.

O apoio financeiro ser√° pago a quem teve que abandonar sua casa de forma tempor√°ria ou definitiva. As famílias desalojadas ou desabrigadas devem, obrigatoriamente, ser residentes em um dos 369 municípios gaúchos com estado de calamidade pública ou situação de emerg√™ncia reconhecidos pela Defesa Civil Nacional até 15 de maio.

O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Coment√°rios