https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

Mais de 615 mil pessoas seguem fora de casa por conta das enchentes no Rio Grande do Sul

Por REDAÇÃO em 19/05/2024 às 10:49:06
No total, 463 municípios do Estado registraram danos em razão dos temporais. Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

No total, 463 municípios do Estado registraram danos em razão dos temporais. Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Mais de 615 mil pessoas seguem fora de suas residências por conta das enchentes no Rio Grande do Sul, de acordo com balanço divulgado neste domingo (19) pela Defesa Civil Estadual.

Até o momento 155 pessoas morreram. Pelo menos 89 estão desaparecidas e 806 ficaram feridas. No total, 463 municípios do Estado registraram danos em razão dos temporais. Conforme o boletim da Defesa Civil, mais de 2,3 milhões de pessoas foram afetadas pelas cheias que assolam o RS.

Confira o boletim completo

Municípios afetados: 463
Pessoas em abrigos: 76.955
Desalojados: 540.626
Afetados: 2.321.720
Feridos: 806
Desaparecidos: 89
Óbitos confirmados: 155
Óbitos em investigação*: 0
Pessoas resgatadas: 82.666
Animais resgatados: 12.215
Efetivo: 27.716
Viaturas: 4.061
Aeronaves: 21
Embarcações: 302

A Defesa Civil do Estado orienta as pessoas a verificarem se seus nomes constam na lista de desaparecidos. Se constar, a orientação é procurar a Delegacia de Polícia Civil mais próxima para verificação e regularização dos dados, com a retirada do nome da lista de desaparecidos.

Rios às 7h de domingo
Lago Guaíba – Porto Alegre – 4,43 metros (cota inundação 3,00 Centro; 2,10 Ilhas)
Rio dos Sinos – São Leopoldo – 5,76 metros (cota inundação 4,50)
Rio Gravataí – Passo das Canoas – 5,56 metros (cota inundação 4,75)
Rio Taquari – Muçum – 6,65 metros (cota inundação 18,00)
Rio Caí – Feliz – 3,03 metros (cota inundação 9,00)
Rio Uruguai – Uruguaiana – 9,90 metros (cota inundação 8,50)
Lagoa dos Patos – Laranjal – 2,66 metros-21h 18/05 (cota inundação 1,30)

Energia elétrica, água e telefonia
CEEE Equatorial: 84.130 pontos sem energia elétrica (4.6% do total de clientes);
RGE Sul: 106.900 pontos sem energia elétrica (3.5% do total de clientes);
Corsan: 39.589 clientes sem abastecimento de água (1% do total de clientes);
Tim: Serviço normalizado;
Vivo: 3 municípios sem serviços de telefonia e internet;
Claro: Serviço normalizado.

Panorama nas escolas estaduais
Dados das escolas afetadas (danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte, com problema de acesso e outros):

1.058 escolas
248 municípios
29 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs)
378.887 estudantes impactados
570 escolas danificadas com 219. 623 estudantes matriculados
86 escolas servindo de abrigo

Retorno às aulas

CREs que ainda não retornaram: 3
(1ª – Porto Alegre, 18ª – Rio Grande e 27ª – Canoas)

Escolas

Total de escolas: 2.340
Já retornaram às aulas: 1.680 (71,7%)
Ainda não retornaram: 660 (28,3%) – 491 delas ainda sem data prevista

Estudantes

Total de estudantes: 741.831
Já retornaram às aulas: 479.973 (64%)
Ainda não retornaram: 261.858 (36%) – 194.807 deles ainda sem data prevista

Rodovias
As chuvas que atingiram o Estado provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias gaúchas. Atualmente, são 90 trechos com bloqueios totais e parciais em 91 rodovias, entre estradas, pontes e balsas.

As informações são da Polícia Rodoviária Federal, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), consolidadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), abrangendo também rodovias concedidas e as administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Portos e aeroportos
As chuvas e enchentes que atingem o Estado destruíram boa parte da infraestrutura de estradas do Rio Grande do Sul. Por isso, portos e aeroportos formam corredores de transporte fundamentais nesse momento, trazendo socorro e garantindo o abastecimento das regiões atingidas.

Aeroportos

Aeroporto Internacional Salgado Filho: a Fraport Brasil, administradora do terminal, informa que as operações no Porto Alegre Airport seguem suspensas por tempo indeterminado. A orientação aos passageiros é para que entrem em contato com a sua companhia aérea para mais informações sobre os seus voos.

Aeroportos administrados pelo governo do Estado que operam normalmente:

Capão da Canoa
Carazinho
Erechim
Passo Fundo
Rio Grande
Santo Ângelo
Torres
Canela

Os aeroportos administrados pela CCR Aeroportos operam normalmente:

Bagé
Pelotas
Uruguaiana

Aeroportos municipais

Caxias do Sul: opera normalmente.
Santa Cruz do Sul: opera normalmente.
Santa Maria: opera normalmente.

Portos

Porto de Porto Alegre – mantém suspensas as operações, em razão da manutenção do nível do Lago Guaíba acima da chamada cota de inundação.

Porto de Pelotas – o embarque de toras de madeira segue suspenso e as atividades estão paralisadas no terminal.

Porto do Rio Grande – segue operando normalmente.

Travessia para São José do Norte

O serviço balsa está realizando apenas o transporte de veículos altos, como caminhonetes. O de passageiros está suspenso, em razão do aumento do nível da Laguna.

Alertas

Para aumentar o nível de prevenção, as pessoas podem se cadastrar para receberem os alertas meteorológicos da Defesa Civil estadual. Para isso, é necessário enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Em seguida, uma confirmação é enviada, tornando o número disponível para receber as informações sempre que elas forem divulgadas.

Também é possível se cadastrar via aplicativo WhatsApp. Para ter acesso ao serviço, é necessário se registrar pelo telefone (61) 2034-4611. Em seguida, é preciso interagir com o robô de atendimento enviando um simples "Oi". Após a primeira interação, o usuário pode compartilhar sua localização atual ou qualquer outra do seu interesse para, dessa forma, receber as mensagens que serão encaminhadas pela Defesa Civil estadual.

O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários

CERTAJA 3