https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA 5

Plano Rio Grande: governador Eduardo Leite anuncia medidas para reconstrução do estado após tragédia

Por REDAÇÃO em 17/05/2024 às 12:09:22
Leite divulgou a criação do Fundo Plano Rio Grande (Funrigs), com um valor de partida de R$ 12 bilhões. Foto: Reprodução/YouTube

Leite divulgou a criação do Fundo Plano Rio Grande (Funrigs), com um valor de partida de R$ 12 bilhões. Foto: Reprodução/YouTube

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, realizou uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (17) na qual fez um balanço e anunciou novas medidas contra os efeitos das enchentes, além de apresentar o Centro Administrativo de Contingência (CAC), que vai sediar o governo do estado com a indisponibilidade da sede oficial devido às chuvas.

Após recapitular as ações e números do combate às enchentes que afetam o estado, Eduardo Leite anunciou a criação do "Plano Rio Grande", dedicado a "reconstruir vidas, lugares e o futuro do estado", de acordo com o governador.

"Este é o governo da reconstrução até o final do seu mandato. O plano não é só construir o que se perdeu, mas reconstruir um futuro."

Leite anunciou a criação do Comitê Científico de Adaptação e Resiliência Climática, voltado para deixar o estado mais resistente às tragédias climáticas. O governador afirmou que o comitê ainda não tem participantes ou lideranças definidas.

A criação da Secretaria da Reconstrução Gaúcha também foi anunciada, com ações focadas no médio prazo, a Secretaria será responsável por desenvolver um plano de trabalho que "envolve diagnóstico, quantificação dos danos, planos de ação e processo de reconstrução, com participação de secretarias estaduais e municipais", de acordo com o governador.

A secretaria substitui a extinta pasta de Parcerias e Concessões, e terá comando do Pedro Capeluppi.

Eduardo Leite divulgou a criação do Fundo Plano Rio Grande (Funrigs), com um valor de partida de R$ 12 bilhões em três anos de recursos estaduais.

Programa Volta por Cima

O programa fará o encaminhamento de R$ 2,5 mil para cada família atingida pelas enchentes e inscritas no Cadastro Único. Até o momento 7 mil famílias foram contempladas. "Faremos o pagamento para mais 40 mil famílias até o dia 24 de maio", disse.

Pix SOS RS

O governo anunciou o Pix SOS Rio Grande do Sul. São R$ 2 mil por família. Inicialmente para 23 mil famílias com renda de até três salários mínimos, com cartão SOS Rio Grande do Sul, emitido pela Caixa Econômica Federal. O benefício é voltado para usuários do Cadastro Único que não estão no Programa Volta por Cima, com início dos pagamentos em Encantado e Arroio do Meio.

O SUL

Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários

CERTAJA 3