https://jornalinformativotabaiense.com

No Beira-Rio, Inter empata em 1 a 1 com o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro

Por REDAÇÃO em 29/04/2024 às 09:28:40
Time Colorado ficou no empate. (Foto: Reprodução/X)

Time Colorado ficou no empate. (Foto: Reprodução/X)

Jogando em casa na noite desse domingo (28), o Inter empatou em 1 a 1 com o Atlético-GO, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time gaúcho desperdiçou a chance de assumir a liderança do Brasileirão e se manteve na sexta posição da tabela, com 7 pontos. O próximo compromisso do Colorado será nesta quarta-feira (1º) contra o Juventude, pela Copa do Brasil.

Os dois gols saíram apenas no segundo tempo. O Dragão abriu o placar com Derek, que recebeu passe de cabeça de Maguinho aos seis minutos. O lance foi revisado e validado pelo VAR. Três minutos depois, o Colorado empatou com Borré, que cabeceou após cruzamento de Wesley.

Partida histórica

O embate ficará marcado para sempre na história do futebol brasileiro, afinal, é a primeira vez que a CBF escalou apenas mulheres no comando da arbitragem desde a implementação do VAR. Ao todo, foram oito profissionais envolvidas no jogo. O confronto, inclusive, não teve polêmicas de arbitragem.

Vale lembrar que há 21 anos, o Brasileirão já tinha tido um jogo apenas com mulheres, mas, na época, foram menos profissionais, afinal, ainda não tinha o VAR.

O jogo

O Internacional dominou a primeira etapa, mas esteve bem longe de levar perigo real ao gol do Atlético-GO. A melhor chance do Colorado saiu dos pés de Bruno Henrique, de fora da área, aos 20, mas sem empolgar. Pouco depois, foi outro volante, Maurício, quem arriscou daquela região do campo, mas também sem dar muito trabalho ao goleiro. O Dragão só foi finalizar aos 35, com Luiz Fernando, mas o chute saiu fraquinho. Aos 41, o Inter apareceu novamente: Bustos foi à linha de fundo, e a bola sobrou para Renê, mas ele finalizou mal, perto da pequena área.

Já a segunda etapa foi mais emocionante. Logo aos três, Wesley invadiu a área e cruzou, mas a zaga afastou. No lance seguinte, Derek, que tinha entrado no intervalo, abriu o placar: em cobrança de tiro de meta, a bola viajou até o atacante, que dominou no peito, driblou Mercado, invadiu a área e fez de cobertura. Aos nove, o Inter empatou, quando Renê cruzou na medida para Borré fazer de cabeça. Pouco depois, o colombiano apareceu de novo, agora servindo Wesley, mas que ficou com pouco ângulo para finalizar.

O Inter, inclusive, manteve o ímpeto ofensivo e chegou bem novamente com Maurício, duas vezes, e Lucca. Aos 28, Gustavo Prado foi quem levou perigo, mas chutou por cima. Pouco depois, o meia apareceu novamente. Aos 32, Maurício cruzou para Borré, que finalizou bem, mas viu a zaga tirar em cima da linha. O Colorado forçou bastante na reta final, mas não conseguiu desempatar. Outra boa oportunidade foi uma cabeçada para fora de Lucas Alario.

Ficha técnica

Inter: Rochet; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Thiago Maia, Mauricio, Bruno Henrique e Wesley; Lucca e Borré. Técnico: Eduardo Coudet.

Atlético-GO: Ronaldo; Tubarão, Adriano Martins, Alix e Romão; Roni e Rhaldney; Roni, Rhaldney, Maguinho, Shaylon, Luiz Fernando e Emiliano Rodriguez (Derek, intervalo). Técnico: Jair Ventura.

Arbitragem: Edina Alves Batista (FIFA), auxiliada por Neuza Ines Back (FIFA) e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA). Quarto Árbitro: Thayslane de Melo Costa (FIFA). VAR: Daiane Muniz (FIFA).

O SUL
Comunicar erro
TABAIENSE

Comentários