https://jornalinformativotabaiense.com
CERTAJA CLARA
apoiosicredi

Inter faz vexame com um a mais e perde para o Fortaleza no Brasileirão

O Inter teve atuação terrível e foi atropelado pelo Fortaleza por 3 a 0

Por Jorge Ramos em 08/08/2022 às 12:10:44
Foto divulgação:

Foto divulgação:

O Inter passou vergonha na Arena Castelão na noite deste domingo. Mesmo tendo um jogador a mais na maior parte da partida, o Colorado teve atuação terrível e foi atropelado pelo Fortaleza por 3 a 0. Os gols foram marcados por Lucas Crispim, Hércules e Robson. Com o resultado, a equipe seguiu na 6ª colocação na tabela do Brasileirão com 33 pontos.

Com um time misto e a cabeça na Copa Sul-Americana, o Inter não foi páreo para o Leão do Pici, que chega a 21 pontos e se aproxima de deixar a zona do rebaixamento. Mesmo com a expulsão de Romarinho no primeiro tempo, o Colorado não conseguiu ser superior ao adversário em nenhum momento e sofreu com o sistema defensivo exposto na segunda etapa para ser superado com facilidade no Ceará.

O Inter volta a campo na quinta-feira, contra o Melgar, do Peru, às 19h15min, no Beira-Rio, pela partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Já pelo Brasileirão, o próximo adversário é o Fluminense, no domingo, às 19h, também no Beira-Rio.

Derrota parcial com um a mais

Com o apoio de mais de 40 mil torcedores, o Fortaleza tomou a iniciativa do jogo. Com um minuto, Brítez avançou pela direita e cruzou na área. O goleiro Keiller saiu pelo alto e segurou firme. Aos 7, Lucas Crispim recebeu na intermediária e tentou a finalização. A bola foi travada pelo zagueiro Vitão.

A primeira chegada colorada aconteceu aos 9 minutos. Pedro Henrique fez boa jogada pela direita, mas se precipitou no acabamento. A bola foi por cima do gol de Fernando Miguel. Dois minutos depois, em contra-ataque, Alan Patrick serviu Johnny, que partiu sozinho pela direita. O camisa 30 perdeu um pouco do tempo de bola e tentou o cruzamento. A zaga do Fortaleza cortou para lateral.

O Leão do Pici teve a primeira finalização aos 13. Lucas Sasha fez boa tabela pela direita e recebeu dentro da área. O camisa 88 finalizou na rede pelo lado de fora. Com pouca inspiração na bola pelo chão, os donos da casa tentaram chegar pelo alto aos 19 minutos. Em cobrança de falta de Lucas Crispim, Braian Romero desviou no primeiro poste contra o próprio gol. A bola foi na rede pelo lado de fora. No ataque, Romero teve chance de cabeça, aos 25, mas desviou para fora.

Aos 29, o lance que poderia dar toda a vantagem para o Inter na partida. O Fortaleza ficou com um jogador a menos. Após reclamar de falta e ofender o árbitro, Romarinho levou o cartão vermelho e foi para o chuveiro mais cedo.

Só que mesmo com um jogador a mais, o Inter não conseguiu levar grande perigo no ataque. Aos 38, após cobrança de Alan Patrick e bate-rebate, a bola ficou com o goleiro Fernando Miguel. A vantagem, por sinal, pareceu bagunçar a marcação vermelha ainda mais. O Fortaleza cresceu no jogo nos minutos finais. Aos 41, Juninho Capixaba cobrou falta da intermediária, a bola desviou e quase entrou no canto direito de Keiller.

Aos 44, em nova cobrança de falta da intermediária, os cearenses abriram o placar com Lucas Crispim. O camisa 52 bateu com perfeição no canto direito de Keiller e explodiu a Arena Castelão, 1 a 0.

Derrota vira vexame

Com o fraco primeiro tempo e atrás no placar, Mano Menezes voltou para a etapa final com quatro substituições. Alemão, Edenilson, Taison e Renê entraram nos lugares de Braian Romero, Liziero, David e Thauan Lara, respectivamente. Ao invés de melhorar, a situação piorou.

Aos 2, o Fortaleza chegou em bola aérea. Lucas Crispim cruzou na cabeça de Brítez, que finalizou para a defesa de Keiller. Um minuto depois, Moisés foi lançado pela esquerda, driblou Bustos e finalizou para grande defesa do goleiro colorado.

O Inter chegou pela primeira vez no ataque aos 4 minutos. Após lançamento de Taison, Renê chegou na linha de fundo pela esquerda e cruzou. Pedro Henrique completou de primeira por cima do gol de Fernando Miguel. Com um jogador a menos, o Leão do Pici voltou a assustar aos 9. Lucas Crispim arriscou de fora da área, e o goleiro Keiller encaixou a bola firme. Um minuto depois, o Colorado respondeu. Pedro Henrique arriscou de esquerda, e Fernando Miguel caiu no canto direito para ficar com a bola.

E foi o Fortaleza que aumentou o placar aos 24 minutos. Após cobrança de lateral da direta, Hércules recebeu sozinho, girou e fuzilou Keiller para aumentar a vantagem do Leão do Pici, 2 a 0. Os donos da casa seguiram criando chances de gol. Aos 27, Robson passou como quis por Johnny, que foi colocado improvisado como zagueiro, e finalizou em cima de Keiller. Quatro minutos depois, o mesmo Robson passou com facilidade pelo sistema defensiva colorado, que estava exposto, mas errou na hora da finalização e desperdiçou o terceiro gol.

Com o Inter totalmente aberto e exposto na defesa, o Fortaleza definiu a goleada aos 38. Robson recebeu em velocidade, driblou Keiller e colocou para o fundo das redes. Aumentou a festa dos mais de 40 mil torcedores na Arena Castelão com o 3 a 0.

Nos acréscimos, Pedro Henrique disparou pela esquerda e dividiu na área, caindo. Reclamou de pênalti. O VAR chamou o árbitro Wagner do Magalhães, que foi ao monitor, mas não assinalou. Nem a chance de diminuir o vexame apareceu. Fim de papo e melhor pensar na Sul-Americana.

Campeonato Brasileiro - 21ª rodada

Fortaleza 3
Fernando Miguel; Britez, Benevenuto, Titi e Juninho Capixaba; Lucas Sasha (Lucas Lima), Ronald (José Welison) e Lucas Crispim (Hércules); Romarinho, Moisés e Robson (Fabrício Baiano). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Inter 0
Keiller; Fabricio Bustos, Vitão, Kaique Rocha (Carlos de Pena) e Thauan Lara (Renê); Johnny, Liziero (Edenilson) e Alan Patrick; Pedro Henrique, David (Taison) e Braian Romero (Alemão). Técnico: Mano Menezes

Gols: Lucas Crispim, aos 44 minutos do primeiro tempo, Hércules, aos 24 minutos do segundo tempo, e Robson, aos 38 minutos do segundo tempo (F)
Cartões amarelos: Ronald (F); Thauan Lara, Johnny, Alan Patrick e Braian Romero (I)
Cartão vermelho: Romarinho (F)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Data e hora: 07 de agosto de 2022, domingo, às 18h
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Fonte: Correio do Povo

Comunicar erro
SICREDI2
CLARA TABAI CENTER

Comentários

M. VALE-PEDRO-BRILHO
BARBA/BRILHO
SICREDI3